Município de Novo Mundo realiza capacitação em Telessaúde

Nos dias 05, 06 e 11 de setembro, os monitores de Campo do Telessaúde MT da região Vale do Peixoto, Loredanea Menezes Coimbra e Carlos Urbiné Silva, em ação conjunta com os apoiadores municipais, realizaram  Capacitações de Campo no Município de Novo Mundo.

Foram realizadas três turmas de capacitação, sendo duas na zona urbana do município e uma na zona Rural denominada Comunidade 5000 - Gleba Divisa. Ao todo 67 profissionais foram capacitados sendo médicos, enfermeiros, cirurgiões dentistas, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, assistentes administrativos e técnicos das vigilâncias em saúde. Também se fizeram presente a equipe de coordenação municipal e o secretário de saúde.

Dentre os benefícios que o Telessaúde trará para os profissionais capacitados, estes avaliaram que a partir da utilização do Telessaúde Mato Grosso será possível “adquirir mais conhecimento”, “servirá para tirar duvidas e entender melhor o funcionamento do SUS”,  “aprimorar e agilizar o diagnóstico e tratamento dos pacientes”, “ melhorar o atendimento do paciente ajudando na conduta com seu diagnostico, evitando espera na fila de regulação” “agilidade e eficiência nos diagnósticos, evitando gastos desnecessários com encaminhamentos, transporte, etc”  “agilidade na resolução das duvidas, oportunidade de adquirir novos conhecimentos” O telessaúde facilitará nos diagnósticos, encurtará a distancia entre o paciente e o acesso a saúde, “nos dará a oportunidade de capacitação permanente”.

A capacitação e equipe de facilitadores foi muito elogiada ao final da capacitação e recebeu registros como “ a capacitação foi ótima e irá nos ajudar muito na nossa prática profissional e a Telessaúde é uma ferramenta de excelente qualidade e com muitos benefícios” e os facilitadores foram excelentes com muita didática e domínio do conteúdo. Apesar da dificuldade de internet e falta de computadores o que se destacou foi o comprometimento dos profissionais em resolver os problemas de saúde da população mesmo que para isso seja necessária a utilização do próprio telefone celular, enquanto não chegarem os computadores em número suficiente nas unidades de saúde. Para o coordenador de Campo do Telessaúde, Valdelírio Venites, os facilitadores e profissionais de Novo Mundo estão de parabéns, pois representam a esperança, a possibilidade de mudança, a ampliação do acesso aos serviços e ao conhecimento. É um novo SUS, qualificado e re-valorizado.